Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
Programa - 049/893 - 17-05-14
REVISTA - PRIMEIRO DIA DE UM ANO QUALQUER

"Em 'Primeiro Dia de Um Ano Qualquer' o filme abre assimilando os fogos de Copacabana à hecatombe cósmica do Big Bang. E sugere assim discutir o fim do mundo. O fim do mundo é uma lenda mais popular do que o Chapeuzinho Vermelho. As mais antigas civilizações fazem o exercício de suas previsões. Adoro pessoalmente filmes de fim de mundo, eu. Outro dia saindo de um onde os edifícios eram tragados pelos mares e milhares de pessoas que disputavam a rota de fuga, pensei que, no final das contas, não é tão desagradável assim a ideia do fim do mundo. Já que temos de morrer, todos, de qualquer maneira, que tal a ideia de morrermos juntos?! Seria mais espetaculoso, mais generoso, mais divertido. Não fica ninguém para contar. Daí a popularidade da lenda.

A consequência direta do mundo não acabar é, entretanto, desalentadora. Teremos de continuar no ano que vem a carregar nossos fardos leves e pesados, como mundo nas costas, como o gigante Hércules.

“Primeiro Dia” é um filme sobre esse assunto. É uma comédia com muitos personagens diversos conscientizando que o dia de amanhã raiará, queiramos ou não! Isso é bem divertido. E por vezes até educativo.

Na verdade é uma fábula sobre o sentido de viver, a necessidade de continuar a luta. Isso é feito divertissimamente entre a miríade de verdes de uma luxuosa casa de campo.


REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA