Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
Programa - 015/859 - 21-09-13
REVISTA - Ninguém Ama Ninguém Por Mais de Dois Anos

Revista do Cinema Brasileiro leva você aos bastidores do longa: “Ninguém ama ninguém por mais de dois anos”. Com direção de Clóvis Mello e um elenco de peso, o filme promete surpreender os amantes de Nelson Rodrigues mostrando um lado mais humorado, leve e cotidiano da sua obra.

O longa reúne adaptações de cinco contos de “A vida como ela é” do Nelson, escolhidos a partir de um mesmo tema: o desamor.

Seus personagens se esbarram em uma típica confeitaria dos anos 50 no Rio de Janeiro, sob o olhar do sarcástico garçom Juventino, que está às voltas com a doença da esposa Ismênia. Dali para a vida privada as histórias seguem um curso violento de intrigas, traições, mentiras e reviravoltas.

Incentivado pelo amigo aproveitador Ronaldo, Asdrúbal consegue conquistar Teresinha Seixas, uma moça rica e mimada. Depois de casado, quando passa a morar numa bela mansão, Asdrúbal se dá conta de que sua mulher é intragável, e acaba se envolvendo com a criada do casarão, a sua mais nova “Rainha de Sabá”.

Marlene sempre foi uma mulher prendada e devota ao marido, o ciumento Rafael, mas os comentários de suas amigas despertam nela o desejo de experimentar uma traição, e seu alvo é justamente o pacato Leocádio, único homem em que seu marido confia cegamente. O tiro de Marlene sai pela culatra e por despeito ela resolve se vingar de Leocádio.

Orozimbo decide casar se com Elvira, uma mulher sensual e pouco confiável, mesmo depois dos alertas do amigo Euzébio. O tempo passa e, de tanto Euzébio freqüentar o casal, os três se tornam uma família. O problema é quando Elvira começa a enxergar Euzébio como o seu segundo marido.

Jandira e Ronaldo acabaram de voltar de lua de mel e vivem uma paixão lancinante. Ela é rica de “berço”, mas ele não tem aonde cair morto e, para piorar, acaba de se demitir do emprego para viver à custa do sogro. Quando Jandira pressiona Ronaldo a arrumar um trabalho, descobre que foi vendida pelo próprio marido para uma noite com o cafajeste Portela.

No final do expediente, é a vez dele do garçom Juventino viver a sua tragédia pessoal no velório da esposa, ele descobre, por meio de uma coroa de orquídeas, que sua Ismênia o traía.

Histórias que vão se esbarrando e se encontrando na confeitaria costuram o roteiro e fazem de “Ninguém Ama Ninguém por mais de dois anos”, um Nelson diferente de tudo que você já viu.

E o Revista tava lá mostrando tudinho pra você. Imperdível!!!


REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA