Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
Programa - 132/842 - 12-01-13
REVISTA - JOSÉ AVELLAR E O CINEMA

Nesta semana, o Revista do Cinema Brasileiro tem o prazer de receber em seu estúdio o crítico e estudioso José Carlos Avellar, que veio nos dar uma aula de cinema de autor, a especialidade do cinema brasileiro. Se em nossa cartilha, lá no beabá do nosso audiovisual, onde temos mestres desse viés do cinema muito bem representado com Glauber Rocha, Paulo Cezar Saraceni e tantos outros, temos em sua evolução, a tecnologia em contraponto, muitas vezes auxiliando uma narrativa que só queria, por sua singularidade, se apropriar de temas tão próximos e autorais quanto seu diretor diante da própria experiência de filmar.

Partindo desse pressuposto, temos em Avellar, um dos maiores interessados no assunto. A relação com o tempo no cinema de autor compreende um outro tempo do humano, entra em áreas sensíveis não atingidas outrora, como avalia o próprio crítico, e isso faz com que a percepção do espectador se torne aguçada. Fato esse, que pode ser observado e compreendido na produção de países europeus, africanos e latinos, atestando assim, a força do cinema e desse tipo de linguagem.

Avellar, em toda sua paixão latente pelo ofício cinematográfico, nos leva à importância da pluralidade do cinema mundial, a necessidade de termos em cartaz não só filmes americanos e brasileiros, mas de todo o mundo, a tecnologia e sua rapidez ajudam nesse processo, expandem o conhecimento e a necessidade do outro, a alma do cinema nos toca sem nunca termos estado, por exemplo, na Índia, mas por termos visto sua cultura e espaço através da película, a partir daí, temos a dimensão do lugar e de suas estórias em nossa retina. O cinema de autor propõe irmos além, propõe nos modificarmos por termos contato com a visão de um universo por aquele diretor.

O enriquecimento a partir do olhar do outro, faz do cinema um instrumento de valor imensurável dentro da caixa preta, da própria sala de cinema e na experiência de todos os espectadores. A sensação que temos quando Avellar fala dessa forma de arte é a de um homem em construção com seu tempo e sapiência ao reconhecer seus artifícios. Divirtam-se.


REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA