Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
Programa - 110/820 - 04-08-12
REVISTA - Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

Depois de inúmeras tentativas, achamos uma brecha na agenda de Cavi Borges, talvez muitos pelo Brasil só comecem a conhecer por agora, sobre esse jovem realizador, mas ele já vem a um tempo na longa estrada do audiovisual, pra ser mais exata, há 15 anos. E pra mostrar que quem reclama demais, não acontece, ou como diria Geraldo Vandré: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”, lá vem esse ex-lutador de judô, ex-aluno de economia pra provar que mesmo com a Cavídeo em seu ano de debutante, já nos mostra bases sólidas e que o cinema é feito de parcerias: são 74 curtas e 15 filmes produzidos e a partir de agora distribuídos pela sua produtora.

Cavi é simples, é querido, fala com todos e partilha suas emoções como um menino, como o momento em que nos relata como foi quando se inscrever no Festival de Cannes com o curta-metragem, de sua autoria e direção, “A Distração de Ivan”, que após ser negativada sua participação em vários festivais, ao ser contemplado em Cannes, leu umas 74 vezes o e-mail que ratificava tão convocatória. Homem alto, grande da mesma forma se mostra sua coragem e competência de visionário.

O caminho cinematográfico dos vencedores e daqueles que devem ter seu nome registrado nela se faz por realizadores como este, com paixão no peito, intuito nas pernas, planos na cabeça e força nas mãos, dessa forma vemos diante dos nossos olhos e para a nossa felicidade de povo que torce pelo o produto nacional é que sabemos, com toda certeza de Glauber diante do Cinema Novo, de Ana Carolina diante da força da mulher no Cinema Brasileiro e da inovação na linguagem de Fernando Meirelles, que estamos vendo o crescimento diário de uma dos grandes futuros nomes do nosso staff.

Agora, brindamos, você, espectador, com o sinal de que um horizonte se abre para aqueles que batalham e acreditam, aqueles que agregam valores e não esquecem de suas essências, aqueles que ousam e realizam. Para os que já conhecem, deliciem-se, para os que não, admirem quando o “acaso” nos revela que a pessoa é para o que nasce, esse é Cavi Borges.


REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA