Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
Programa - 98/808 - 12-05-12
REVISTA - A volta de Sganzerla

O amor e a dedicação podem ser traduzidos de muitas formas. No caso da família Sganzerla isso se dá através do cinema. Rogério Sganzerla foi e sempre será um dos mais importantes realizadores do cinema nacional, sua primeira grande paixão. Por meio da sétima arte conheceu o amor, que atende pelo nome de Helena Ignez, musa do cinema marginal. Além de duas filhas, Sinai e Djin, a parceria artística e existencial gerou diversos e ousados frutos para a nossa cultura.

Sganzerla morreu em 2004 sem realizar um de seus grandes sonhos, refilmar seu primeiro e consagrado longa-metragem “O Bandido da Luz Vermelha” rodado em 1968. Mas como dito no início do texto, quando há amor e dedicação ao que se faz e a quem nos rodeia é possível burlar até mesmo a famigerada “velha da foice”. Em cartaz, “Luz nas Trevas – A Volta do Bandido da Luz Vermelha” cumpre o ciclo profissional de Rogério. Produzido por Sinai, estrelado por Din e dirigido por Helena em parceria com Ícaro Martins, o filme retrata a história do famoso Bandido da Luz Vermelha a partir de dois pontos de vista: a vida do filho do bandido, de codinome Tudo-ou-Nada (André Guerreiro); e a vida do próprio bandido (Ney Matogrosso) recluso em um presídio de segurança máxima.

Devo dizer que foi emocionante e bastante elucidativo encontrar com as mulheres do clã Sganzerla, que após um longo e alegre bate papo mostraram com clareza o por que de tanta dedicação. Para Sinai tornar real um dos últimos sonhos do pai era uma questão de honra, afinal, era Rogério quem produzia, escrevia e dirigia seus filmes. Era também ele quem pagava as contas de casa, da produtora, ajudava Ignez a cuidar das filhas, amava e trabalhava com a mulher, ou seja, era o pilar da família. Um pilar de muitas, belas e geniais faces.

Geovana Cypreste


REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA